quinta-feira, 23 de abril de 2009

E a história continua...


Hoje, pela manhã, autoridades e representantes da mídia local foram conhecer as obras do CEC (Centro de Educação e Cultura) que está sendo construído no local onde antigamente abrigava o Parque Infantil da cidade.
O imponente teatro abrigará peças e espetáculos de grande porte... Será dono de nova geração de equipamentos de som e luz... Terá espaço para cerca de 500 pessoas na platéia... E além de tudo isso, será sede da Secretaria da Educação, possuindo salas, auditórios, laboratórios, espaços multimídia...
O que falta? Apenas um fosso, para que o espaço desse vez também à espetáculos com música ao vivo.
Porém, nesta mesma cidade existe um espaço antigo e extremamente cultural, esquecido, deixado de lado... O Teatro Giuseppe Verdi.
Este foi o responsável pelo ressurgimento do movimento artístico, que dá apelido a localidade, conhecida como "celeiro de artistas".
A foto, em destaque, foi tirada em 1986, quando um grupo organizado saiu às ruas requerendo o Verdi como ponto máximo da arte saltense.
O pedido foi aceito e ele foi reformado. Se tornou símbolo e base fundamental da nossa cultura.
Porém, o tempo foi passando... Administrações foram chegando... E ele voltou a um estado lastimável de abandono.
Há pouco tempo uma nova tentativa de se reerguer o espaço começou, mas logo morreu...
A questão que se faz é: será que o novo teatro será palco das artes produzidas na cidade? Será que o imponente espaço de cultura será palco de seus natos artistas?
O Verdi aguarda e chora, junto a seus filhos que ansiosos e apreensivos não sabem qual será o destino da arte saltense.

Há poucos anos um grupo de estudantes criaram um vídeo para colaborar com a reforma que não teve continuidade... Assista e conheça um pouquinho o nosso querido Teatro Verdi: http://www.youtube.com/watch?v=biYCDfMsdWI
(Teatro Verdi - 1986 (foto), anos 2000 (vídeo) - Salto/SP)

quarta-feira, 15 de abril de 2009

O Salto

Para aqueles que não conhecem Salto, não há maneira melhor do que apresentá-la em sua paisagem mais significativa, afinal essa cachoeira batizou a cidade.
Esse rio é o Tietê! Ele mesmo! Que fez de nossa região tão rica em progresso e cultura.
Agora, do ladinho da Queda D'Água existe um Complexo Turístico que abraça o cartão postal mais belo de Salto. Dentro deste complexo, há o Memorial da Rio Tietê que cultua e valoriza essa tão fascinante e importante veia d'água.
(Praça Archimedes Lammoglia - Salto/SP)

domingo, 5 de abril de 2009

O acaso

Paixão de Cristo. Momentos de reflexão para muitos. Momentos de trabalho para alguns (inclusive eu)! Ao final, um presente no céu! A foto? Mero acaso!
(Praça XV - Salto/SP)

quinta-feira, 2 de abril de 2009

Contadora da história

Ela é responsável por contar a história da minha rua. Provavelmente antes da maioria (ou talvez da totalidade) dos moradores ela já estava lá. Mais provável ainda é que quem tenha a visto brotar já não cá se encontra mais. A única certeza que tenho é que esta senhora é a responsável pelo clima agradável do quarteirão. Frescor, tranquilidade e presença. Essas são algumas de suas principais qualidades.
(Aqui na minha rua - Salto/SP)